"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

18 de mar de 2016

OUTONO




Redobra a minha esperança
quando as folhas de meus olhos caem
depois das lágrimas de março
a certeza das flores mil
que seja um único fruto a colher na mão
multiplicando-se amor
suprema felicidade
seja ventura, seja bem aventurança
nao mais, nunca mais
outrora






Cintia Thome


................

Nenhum comentário: