"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

8 de jun de 2012

FLOR NEON





era um sapato amarelo
tudo era tão belo
na pista um dancing
parecia que sim
sua mão, duas mãos
diziam sim
tua boca em silencio
só respirar
o ar de todo Hair
de tudo, tudo
a minha flor
nos cabelos
despencava
afrodisiaca que sim
como não existisse
dia triste
amor insincero

pois era tudo
elo, elo
tão belo
do tempo Hair
aos pés
amarelos, Amor!
uma enorme flor
o neon


CINTIA THOMÉ












Foto manipulada-cintiathome





Nenhum comentário: