"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

29 de abr de 2011

GUSTAVO NÓBREGA NA ZIPPER GALERIA EM SÃO PAULO DIA 30


Foto: Gustavo Nóbrega e Melina Valente ( Zipper)






GUSTAVO NÓBREGA
um artista que estoura na arte brasileira
na Zipper Galeria dia 30

Perfil do Artista:

Enquanto a indústria farmacêutica prospera com nossas doenças psicossomáticas e a ciência desenvolve terapias como a utilização de células tronco para gerar clones de órgãos adoecidos, permanece na América Latina a tradição do ex-voto, “uma forma de agradecer, a um santo ou divindade, uma graça pedida e efetivamente obtida: o milagre.” Por trás desta tradição popular há a noção da troca, de negociação com os santos: o cumprimento de promessa como contrapartida da realização de um milagre. Há ex-votos tão preciosamente confeccionados que podemos considerar essa tradição como oferecimento de uma obra de arte em troca de um milagre. Santos apreciadores da arte a ponto de aceitarem esse escambo são muito mais aprazíveis do que os santos sádicos das promessas: me conceda uma graça e subo de joelhos as escadarias da matriz. Ou seriam os fiéis que se dividem entre masoquistas pagadores de promessas e negociantes de obras de arte?

---Convite---

Os ex-votos anatômicos são objetos de madeira ou cera representando partes do corpo oferecidos a santos ou divindades quando um milagre foi alcançado. Nosso Senhor do Bonfim é um caso típico de santo curador que coleciona arte. A Igreja do Bonfim, em Salvador, possui uma sala repleta de ex-votos em forma de cabeças, pés, mãos e corações. Os ex-votos em forma de pintura obedecem a uma estrutura tradicional tripartite: a imagem do santo autor do milagre, o retrato de quem o solicitou e a cena que descreve a moléstia que o milagre curou.

Gustavo Nóbrega acrescentou mais um elemento a essa estrutura: a droga farmacêutica. Suscitando a reflexão sobre religião e ciência, algumas de suas delicadas obras baseadas em ex-votos são pintadas em folhas de madeira recortadas no formato de uma caixa de remédio desmontada. E possuem tarja preta ou vermelha, de acordo com as regras da indústria farmacêutica. Nóbrega já trabalhou também com as bulas, verdadeiras escrituras sobre a ação do culto ao remédio. Atualmente pinta seus ex-votos em papel, sobrepondo elementos gráficos das caixas de remédios a ícones frequentes em ex-votos, como um santo pairando no ar ou um doente acamado. Seus projetos futuros incluem um ostensório de lâmpadas fluorescentes (as luzes de Dan Flavin, afinal, sempre tiveram um solene ar sagrado) e igrejas de neon (já disse Bruce Naumann que o verdadeiro artista ajuda o mundo ao revelar verdades místicas).


Reunindo os universos dos curadores, curandeiros e curativos, a arte de Gustavo Nóbrega remonta às origens mágicas da arte – bisões caçados desenhados nas paredes das cavernas de Altamira talvez sejam um exemplo pré-histórico de ex-voto –, às tradições religiosas latino-americanas e à nossa crença contemporânea na ciência. Falta-nos hoje fé? Resta a fé na arte. Isso vale um ex-voto para todos os santos.

Gustavo Nóbrega formou-se em Artes Plásticas pela FAAP em 2010 e durante a SP-ARTE 2010, um de seus trabalhos foi adquirido pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 2009, expôs no Prêmio Energias na Arte, no Instituto Tomie Ohtake. Em 2008, Nóbrega apresentou seus trabalhos na exposição Casa Vazia e na 40a anual de arte da FAAP.

Maria Emília Mattos, “Milagre, promessa e ex-votos” in João Pessoa (org.) Milagres: os ex-votos de Angra dos Reis, Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2001, p. 23.



EXPOSIÇÕES NA ZIPPER COM ABERTURA DIA 30 DE ABRIL DE 2011

---SÁBADO A PARTIR DAS 12 H AS 18 H---


Gustavo Nóbrega

Alessandra Duarte no Zip'Up

No mesmo período, a Zipper apresenta pinturas e desenhos recentes de Alessandra Duarte. Sob curadoria de Mario Gioia, a exposição Já Vou conta com trabalhos dos anos de 2010 e 2011 da artista graduada pela Bard College (EUA).

______________________________________
Onde:
Rua Estados Unidos, 1494 - São Paulo
(quase esquina com Rua Augusta)


Período:
Abertura: 30 de abril (sábado) de 2011, das 12h às 18h
de 30 de abril a 21 de maio
segunda a sexta-feira das 10h às 19h
sábado das 11h às 17h








Material: Zipper Galeria e apenas uma foto( 1a.) autoria Cíntia Thomé

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Brasil.

Nenhum comentário: