"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

16 de abr de 2011

FILHO VI




Sei que um dia
vais preencher a primavera de mim
com todas as rosas do mundo
Mas por enquanto segura minha mão
com nossas pequenas pétalas perfumadas

esse amor não morre
nem mesmo quando tudo
um dia
estiver florindo...


















Foto Olhares.

Nenhum comentário: