"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

10 de jul de 2010



A alegria de ser menina
girando num mundo de frescas maçãs,
ciranda da inocência
terno amor.

Venha à minha memória,
mesmo que seja hoje lenta
que eu possa sorrir à frente
de cada solitário rosto
sentir o gosto das maçãs
maçãs-do-amor, a pureza
um inocente sabor
do caminhar menina em saltos altos
uma saudade, a ternura
celebrar com todos a vida...
a minha vida... nossas vidas!
Nossas vitórias
Com direito às maçãs,
ainda que mordidas...




Onde estamos nós , aqueles pequeninos?

Estamos.

Cíntia Thomé




...Imagem: Bariloche - Argentina - CíntiaThome /2010/












.....................

Nenhum comentário: