"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

19 de mar de 2010

PODER DO AMOR




Aceleravas a vida
vibravas em minha alma
ao poder de tanto amar
mas não és forte
és tão fraco
enfraquece meu coração
a cada minuto
até morrermos
dessa estúpida fraqueza





Cíntia Thomé



Absinto XII








Fotografia Bird&Woman - Joyce Tenneson

Nenhum comentário: