"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

21 de jul de 2011

Objetos



OBJETOS

lua que me vê
tão branca
como ela
com a veste escondida
um concreto
que me separa
tão nua
tão nua
sem os amores
da lua
perdidos objetos
eu e ela
vazias na contemplação
nessa escuridão
tao minha
tão nossa
lua
lua


cintia thome


Rio de Janeiro, 21/07/2011











Foto: Lua concreto @autoriacintiathome-flikr.

Nenhum comentário: