"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

27 de jun de 2011

desatinado




libertina fora cortina
atrás da retina
nada mais que cretina
sua ausência
sua demência
cronológica, ilógica?
na surdina, tua lógica
nada tinha
de mim libertina
observa absurdo, mudo
olhar surdo
lamina na cama
absurda
ainda desatina
na retina
tão sozinha
tão cretina
cega
a lágrima



cintia thome



























Foto autoria profissional André Gardenberg

Nenhum comentário: