"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

16 de abr de 2010

RESPOSTA BONITA






RESPOSTA BONITA

Conte-me histórias
Das caravelas em névoas de sal
Das armadilhas do mar adoçado por rios
Que batiam nos trapos às tempestades
Em peitos estufados de coragem
Fracos em armaduras, como hóstias trincadas
Nas escunas traziam peixes com asas
Já pássaros que voavam aos céus
Mortos pela boca
Por ecoarem cantos ao vento
Desejando o poder de terras avistadas
As pedras retumbaram
Você surgindo nas areias
Entre espumas de alquimia
Brilhando alva
O silêncio
paz bonita
Suavidade



Cíntia Thomé
2008









Imagem: Fotógrafo Kais Ismail.- POA, RS

Nenhum comentário: