"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

31 de out de 2009

SÁBADO







A chave está solta
luminosa entre os carros
entre as vaporosas asas
no lume da cidade
acorda vadia
para uma vez mais
tentar abrir-se
ao acaso, ao amor
aos olhos noturnos
que ainda não viu...













cintia thomé






Hoje é sábado, amanhã é domingo
A vida vem em ondas, como o mar

Vinícius de Moraes - Dia da Criação











.

Nenhum comentário: