"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

25 de out de 2008

ESSÊNCIA INVISÍVEL




ESSENCIAL INVISÍVEL



Os seixos no útero vertem água
Suavizam os atritos da espera
Paraíso ardente
Florescem ervas em amor flor
Rastejantes eternas
Onde não há mais começo
Sementeira
Apenas,
Ideal



Cíntia Thomé
.

Nenhum comentário: