"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

28 de out de 2011

DESTINO


foto Joan Kocak



como a mulher de Rodin
a porta do inferno
um lamento por ter sido assim
o destino das estrelas
regando com meus olhos
girassóis de Van Gogh
da minha única
bela colheita






cintia thome





foto Joan Kocak

Nenhum comentário: