"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

8 de set de 2011

Tristeza Fonthor de Luca (1954-2011)


Fonthor de Luca
1954-2011. Uma Saudade a Arte Brasileira.
'Vai, Vai seu passo, vai sua arte arteira
Vai com a luz dourada
que ronda a arte, nosso sonho
as cores de seus olhos
vai, vai com todo o nosso lamento
vai com nossa lágrima e os lírios da terra...
Sonhe em Paz'







Amores jamais esquecidos
Epocas douradas em dias gloriosos
Olhares no arco da iris
Kaleidoscopio de emoções
Sentimentos revoltos em cores
Mulheres estremecedoras
Em noites sem perdão
Luxuriosas madrugadas
Transformadas em cenarios
De paixão e perdição

(Fonthor de Luca)


Nenhum comentário: