"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

19 de jan de 2011

asa


qualquer lugar
é lugar algum
as asas me levam
as minhas quando te procuro
nos pensamentoss
ali ou aqui
meia asa
quase despetalada
cheiro
de flor no hangar
de todo esse amar
paira nua
na janela
a minha dor
solitária




cíntia thomé


















............
Viajando...




...

Nenhum comentário: