"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

13 de jun de 2011

TANT DE BELLES CHOSES - FRANÇOISE HARDY







Tantas coisas bonitas
Françoise Hardy


Mesmo se eu tiver que largar a sua mão
Sem ser capaz de dizer "amanhã"
Nada nunca vai derrotar os nossos links
Mesmo se eu tiver que ir mais longe
Corte pontes, trens mudança
O amor é mais forte que a dor
O amor que faz nossos corações baterem
Will sublimar a dor
Transformar chumbo em ouro
Você tem tantas coisas bonitas para viver novamente
Você verá o fim do túnel
Vai chamar um céu de arco-íris
E as flores lilases novamente
Você tem tantas coisas bonitas na frente de você
Mesmo se eu vejo um outro banco
Faça o que fizer, seja o que acontece com você
Eu estarei com você como antes
Mesmo que você vá à deriva
O estado de graça, as forças
Volte mais rápido do que você pensa
No espaço que liga o céu ea terra
Reside o maior mistério
Como a névoa do amanhecer velamento
Há tantas coisas bonitas que você não conhece
A fé cega de que as montanhas
White primavera na sua alma
Pense nisso quando você dorme
O amor é mais forte que a morte
No momento em que liga o céu ea terra
Esconde os mistérios gloriosos
Pense nisso quando você dorme
O amor é mais forte que a morte


Tant de Belles Choses


Françoise Hardy
Même s'il me faut lâcher ta main
Sans pouvoir te dire "à demain"
Rien ne défera jamais nos liens
Même s'il me faut aller plus loin
Couper les ponts, changer de train
L'amour est plus fort que le chagrin
L'amour qui fait battre nos coeurs
Va sublimer cette douleur
Transformer le plomb en or
Tu as tant de belles choses à vivre encore
Tu verras au bout du tunnel
Se dessiner un arc-en-ciel
Et refleurir les lilas
Tu as tant de belles choses devant toi
Même si je veille d'une autre rive
Quoi que tu fasses, quoi qu'il t'arrive
Je serai avec toi comme autrefois
Même si tu pars à la dérive
L'état de grâce, les forces vives
Reviendront plus vite que tu ne crois
Dans l'espace qui lie le ciel et la terre
Se cache le plus grand des mystères
Comme la brume voilant l'aurore
Il y a tant de belles choses que tu ignores
La foi qui abat les montagnes
La source blanche dans ton âme
Penses-y quand tu t'endors
L'amour est plus fort que la mort
Dans le temps qui lie ciel et terre
Se cache le plus beau des mystères
Penses-y quand tu t'endors
L'amour est plus fort que la mort






iMAGEM GOOGLE

Nenhum comentário: