"A profundeza abissal da palavra declamada
ecoa nítida na linguagem abstrata
das mãos (gestos prontos),
e o atrito dos dias confunde as cicatrizes do tempo,
derramado sobre a mesa o poema
ignora nas pálpebras o pesadelo do sonho"

(Júlio Rodrigues Correia)





.

29 de mai de 2011

Valentino Fialdini E Katia Maciel na Galeria Zipper


Valentino Fialdini
De 01 de Junho a 02 de Julho, 2011


Valentino Fialdini


Valentino Fialdini inaugura sua primeira mostra individual na Zipper Galeria em 1o de junho (quarta-feira) às 19h. O artista apresenta oito obras inéditas, criadas em 2011.

Para sua primeira série de fotografias a partir de ambientes construídos, Valentino Fialdini capturou imagens de salas e corredores vazios, brilhantes e, muitas vezes, coloridos. Estes espaços assépticos, enigmáticos não-lugares, revelam-se, sob um olhar mais atento, como grandes ampliações das pequenas arquiteturas criadas pelo artista com blocos de montar (Lego). Desta vez, o artista explorou a verticalidade e as grandes dimensões das fotografias e produziu um totem, propondo novo significado ao espaço. Também serão exibidos cinco objetos – pequenas caixas em acrílico devolvem o caráter lúdico às peças. Há um misto de fotografia e interesse em escultura nesses objetos que ele escolheu como suporte para as fotos.

Sobre estes trabalhos, Paula Braga, que assina o texto da exposição, escreveu que “em um retorno poético à infância de filho de fotógrafo, quando a brincadeira envolvia não só a manipulação dos blocos de plástico mas também a observação da luz, as fotografias de Valentino começam com a criação de um ambiente multicolorido, com escadas, colunas, paredes e janelas. [...] A luz então entra nessas construções lúdicas por frestas calculadas e a lente da câmera vai atrás dela. Vem o clique final. Depois de ampliadas [...], essas imagens parecem puxar o observador para dentro delas, um convite para brincar”.

Valentino Fialdini fotografa profissionalmente desde 1995. Sua obra esteve em exposições como Silêncio (Zipper Galeria, São Paulo), 41o Chapel Art Show (Chapel School, São Paulo), Parcial (Galeria Virgilio) e O tempo do Olhar (Conjunto Cultural da Caixa, São Paulo).




A Zipper recebe, no espaço Zip'Up, a exposição individual de Katia Maciel, Tempobjeto. Sob curadoria de Paula Braga, serão apresentadas cinco obras, entre vídeos e vídeo instalações.






Katia Maciel
É artista, cineasta, pesquisadora do CNPq e professora da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro onde coordena, com André Parente, o Núcleo de Tecnologia da Imagem. Publicou, entre outros, os livros Transcinemas (Contracapa 2009), Cinema

Sim (Itau Cultural, 2008). Katia Maciel realiza vídeos, filmes e instalações e participou de exposições no Brasil, Colômbia, Inglaterra, França, México, Argentina, Alemanha, Lituânia, Suécia e China.

Seus trabalhos aliam a pesquisa com dispositivos interativos e imagem em

movimento a temáticas que versam sobre as relações amorosas e seus clichês, paisagens íntimas, e situações urbanas.

Em sua pesquisa atual discute o cinema expandido nas instalações contemporâneas pensando a relação como forma na experiência de um espectador implicado.

INFORMAÇÕES:

Rua Estados Unidos. 1494
SÃO PAULO/SP















...

Nenhum comentário: